Café da Manhã
Enquanto esperam

Café da Manhã Enquanto esperam

Os mercados accionistas voltam a terreno positivo enquanto esperam pela decisão de amanhã da Reserva Federal nos Estados Unidos.

Depois das primeiras horas em que as acções seguiram o caminho deixado pela semana anterior, os mercados accionistas voltaram a terreno positivo enquanto esperam pela reunião da Reserva Federal.
Os investidores seguem cautelosos na véspera desta reunião de dois dias que começa hoje e em que amanhã se espera um aumento de taxas, assim como as novas projecções por parte dos membros do FOMC.

Wall Street terminou a sessão de ontem em terreno positivo, depois de uma sessão que serpenteou entre ganhos e perdas.
O índice Dow Jones terminou a avançar 0,64%, o S&P 500 0,69% e o Nasdaq 0,76%.

Os investidores na Ásia mantiveram a confiança deixada pelos seus congéneres nos Estados Unidos, levando as acções a negociar também em ganhos.
No Japão, mesmo com a inflação a registar novo máximo, o índice Nikkei terminou a sessão de hoje a avançar 0,44%.
Na Austrália, o índice ASX 200 ganhou 1,29%, depois das minutas da última reunião do seu banco central mostrarem que o mesmo poderá abrandar o ritmo de subida de taxas de juro.
Na China, depois do banco central ter mantido as suas taxas de referência para empréstimos a um e cinco anos inalteradas, o índice Shanghai Composite avançou 0,22% e o Hang Seng, de Hong Kong, 1,12%.
Na Coreia do Sul, o índice Kospi avançou 0,52%.

Os mercados accionistas na Europa estão também a começar o dia em terreno positivo.
O índice Euro Stoxx 50 segue de momento a avançar 0,25% e o DAX 0,10%.
No Reino Unido, o índice FTSE 100 segue a avançar 0,45% e o CAC 40, de França, 0,05%.

No mercado cambial o dólar cede algum terreno antes da reunião do Fed, com o índice DXY a cair dos máximos de ontem perto de 110,00 para 109,20, e o EUR/USD volta a negociar acima da paridade, cotando de momento 1,0030.
A libra continua a negociar em perdas, embora recue dos mínimos registados durante o dia de ontem, com o EUR/GBP a cotar de momento a 0,8755 e o GBP/USD a 1,1450.
O iene continua a negociar em torno dos recentes níveis, com o USD/JPY a negociar em torno de 143,45.
O dólar canadiano recupera dos fortes ganhos recentes, com o USD/CAD a cair dos máximos em torno de 1,3345, para negociar de momento a 1,3260.
Também o peso mexicano regista ganhos, com o USD/MXN a cair de máximos de ontem acima de 20,15, para negociar de momento a 19,95.

Os preços do petróleo recuperam dos mínimos registados logo na abertura da semana depois de uma segunda-feira onde negociaram com volatilidade elevada, com as preocupações com uma oferta apertada a ultrapassarem as de um estrangulamento da procura devido à subida das taxas de juro.
A pressionar os preços logo no início da semana estiveram notícias que apontavam para um restabelecimento do fluxo de gás através do gasoduto Nord Stream 1, mas tal não se verificou e os preços recuperaram as perdas iniciais.
O Brent segue de momento a negociar a $92,60 por barril e o WTI a $85,75, longe dos mínimos atingidos ontem a $88,50 e $81,75, respectivamente.


O que pensa sobre este tema?