Amanhã destacamos
A Reserva Federal

Amanhã destacamos A Reserva Federal

O destaque não podia deixar de ir para a reunião da Reserva Federal dos Estados Unidos, onde os mercados esperam mais um aumento de pelo menos 75 pontos base na sua taxa de juro.

A grande maioria dos investidores e analistas está a contar já com um aumento de 75 pontos base na taxa de juro dos fed funds sendo que alguma percentagem vê mesmo a hipótese de 1 ponto percentual a somar à actual taxa de 2,25%-2,50%.
Juntamente com a decisão sobre taxas, o Fed irá também divulgar as projecções actualizadas do FOMC para a economia e taxas de juros (os dot plot). Em comparação com as projecções de Junho, os membros do FOMC irão provavelmente reduzir as do crescimento económico, aumentar as da inflação e as projeções para a taxa dos fed funds. As projecções deverão apontar para a continuação de uma política monetária restritiva durante o próximo ano e ainda no inicio de 2024, com o Fed a reiterar a sua determinação de trazer a inflação de volta à sua meta de 2%.

A agenda desta quarta-feira não está muito preenchida mas ainda temos mais alguns indicadores que podemos e devemos observar.

Esta noite teremos na Nova Zelândia as Despesas com Cartão de Crédito.

Pela manhã no Reino Unido iremos ter os números dos Empréstimos Líquidos no Sector Público e as Expectativa de Encomendas Industriais CBI.

À tarde nos Estados Unidos temos as Vendas Existentes de Casas e os Inventários de Crude da EIA.

Jerome Powell estará na Conferência de Imprensa que se segue à reunião da Reserva Federal dos Estados Unidos.


O que pensa sobre este tema?