Amanhã destacamos
O emprego no Reino Unido

Amanhã destacamos O emprego no Reino Unido

A atenção do mercado nesta terça-feira irá voltar-se para os dados do mercado de trabalho no Reino Unido.

Segundo as previsões, o número de pedidos de subsídio de desemprego deverá aumentar em Abril, de 8,9 mil do mês anterior para 10,2 mil, e o número de postos de trabalho deverá mostrar uma queda de 100 mil, melhor do que a queda de 178 mil mostrada no mês anterior. Os salários deverão continuar a mostrar o mesmo ritmo de crescimento do mês anterior de 6% excluindo bónus e de 5,7% com bónus incluídos. A taxa de desemprego deverá, segundo as previsões, manter-se nos 4,3%.

Entretanto, esta noite, teremos na Austrália a divulgação do Índice de Confiança Empresarial NAB, com as estimativas a apontarem para uma queda de 1 para 0.
No Japão iremos ter os dados preliminares das encomendas de maquinaria que depois de uma queda revista em alta de 8,9% em Abril, deverá mostrar nova queda em Maio, desta vez de 6,5%.

À tarde, nos Estados Unidos, teremos o Índice de Pequenas Empresas NFIB, com as estimativas a apontarem para que se mantenha inalterado nos 89,7.
No Canadá, iremos ter a divulgação dos dados das licenças de construção, que deverão mostrar um aumento de 4,8%, depois da queda de 11,7% do mês anterior.

Iremos ter mais algumas intervenções verbais de membros do Banco Central Europeu, nomeadamente de Philip Lane.


O que pensa sobre este tema?