Amanhã destacamos
Jerome Powell

Amanhã destacamos Jerome Powell

Um dia ligeiro de dados económicos, onde o destaque vai para o testemunho de Jerome Powell no Senado dos Estados Unidos.

Voltamos esta semana a ouvir Jerome Powell, desta vez no Congresso dos Estados Unidos.
Na semana passada, em Sintra, o presidente do Fed mostrou-se mais optimista relativamente ao caminho da inflação para a meta dos 2%, mas ainda assim sublinhou que o banco central precisa de ver mais melhorias e um arrefecimento geral na actividade económica antes de considerar seriamente a redução das taxas de juro.
Esta terça-feira Powell irá testemunhar sobre a publicação do Relatório de Política Monetária ao Congresso perante o comité bancário do Senado. O mercado está à espera que Powell continue com a mesma dialéctica, colocando mais perto um primeiro corte de taxas de juro em Setembro.

Iremos também ouvir Janet Yellen, a Secretária do Tesouro dos Estados Unidos, que também irá estar a testemunhar no Congresso, perante o Comité de Serviços Financeiros da Casa dos Representantes.

Na Conferência de Práticas e Inovações de Inclusão Financeira, em Washington, iremos poder ouvir Michael Barr e Michelle Bowman, governadores do Fed.

Relativamente a dados económicos teremos:

Esta noite, no Reino Unido, as vendas a retalho like-for-like do BRC (British Retail Consortium), onde as estimativas apontam para um crescimento de 0,2%, desacelerando dos 0,4% mostrados no mês anterior.
Na Austrália iremos ter a divulgação do índice de confiança do consumidor Westpac que deverá cair de 83,6 para 83,4 e o índice de confiança empresarial NAB que deverá cair de -3 para -5.
No Japão, os dados preliminares da encomenda de maquinaria que deverão mostrar uma desaceleração dos 4,2% do mês passado para 2,3%.

À tarde, nos Estados Unidos, teremos o índice NFIB de pequenas empresas, com as estimativas a apontarem para uma queda de 90,5 para 89,2.


O que pensa sobre este tema?